20/05/2019

A importância do Dízimo

Continuamente devemos refletir nossa responsabilidade e participação na comunidade de Santo Antônio da Barra Funda. E diariamente devemos agradecer a DEUS visto que tudo o que temos e somos provem inicialmente DELE. É justo e valoroso que sejamos gratos. E essa gratidão pode ser feita de várias formas, dentre elas pela ação do dízimo, que é um sinal dessa gratidão. O primeiro sentimento necessário para oferecer o dízimo é, portanto, a nossa gratidão a DEUS.


O dízimo é um sinal de compromisso, de fidelidade com Deus, com a igreja e com os pobres. Jesus instituiu a sua igreja para evangelizar, catequizar, servir e santificar. E para que ela possa desempenhar a sua vocação evangelizadora no mundo, necessita de recursos materiais e esses recursos, devem provir de nós, seus filhos, que somos e formamos a igreja viva de Cristo aqui na terra. Com o dízimo ajudamos a transformar a igreja para que ela seja cada vez mais unida e fraterna, a fim de que possa cumprir a sua missão evangelizadora. Assim, ser dizimista é ser, também, evangelizador.


E como o Dízimo é usado em nossa comunidade? De várias formas, seja para manter as obras sociais, no auxílio às pastorais em seu trabalho de evangelização ou mesmo para manter nossa igreja funcionando considerando os gastos de água, luz, funcionários, limpeza e compra de material litúrgico.
Dessa forma, contribuindo com o dízimo estamos participando de nossa comunidade e devolvendo com amor o que DEUS tem nos dado continuamente em nossas vidas.

Por isso prezado dizimista, a você nosso agradecimento.
Obrigado por sua participação em nossa comunidade e por entender que o dízimo é uma atitude de amor e fé.
Por sua oferta ser feita de forma consciente, generosa e fiel.
Por colocar Deus em primeiro lugar em sua vida, amando a Igreja, evangelizando e principalmente por devolver a parte que é de Deus.


Dízimo não é imposição, não é obrigação; é uma forma fácil de sermos gratos a Deus. Dízimo é partilha, não é esmola. Partilhar não é dar o que sobra. Partilhar é dar o que o outro precisa. Reparto confiante de que nada do que ofereço, me fará falta. Dízimo é amor. É por isso que quanto mais partilhamos, mais temos.
Portanto Dízimo é a partilha de coração, do trabalho, das ideias e dos bens. Seja um dizimista!

Em nossa paróquia, todo o 2º. Domingo do mês é dedicado ao dízimo com um plantão para quem deseja fazer sua contribuição mensal ou se tornar um dizimista. Além disso, é possível também se cadastrar na Secretaria durante a semana.
Venha ser dizimista e ofertar sua gratidão e sua vida a DEUS.

 

Por Mauricio Nobrega