Histórico

A Paróquia de Santo Antônio da Barra Funda comemorou, no ano de 2014, 100 anos de existência. Sua história teve início na virada do século XIX, quando uma pequena capela foi feita de terra batida atrelada à recém-criada Igreja de Santa Cecília.

Já na década de 1910, os moradores da Barra Funda iniciaram a arrecadação de donativos para construírem, no local da capela, uma igreja maior e mais confortável.

Em 02 de fevereiro de 1914, Dom Duarte Leopoldo e Silva, Arcebispo de São Paulo à época, inaugurou várias novas paróquias, dentre elas a Paróquia de Santo Antônio da Barra Funda, que teve como primeiro pároco oficial, no dia seguinte, o lusitano Padre José Maria Fernandes.

Foi ele quem teve por missão concluir a obra de edificação da nova igreja matriz, que para a sua edificação contou com a ajuda de todos os moradores do bairro.

 

 

Nesses 100 anos, muitos vigários caminharam com a comunidade, como o Padre Bernardino Pinho Bandeira, que faleceu jovem, vitimado pela Gripe Espanhola, em 1918, cujo enterro reuniu uma multidão de fiéis.

Também são lembrados o Cônego Francisco de Assis Barros; Padre Deusdedit de Araújo; Padre Affonso Pozzi que concluiu as obras da matriz e iniciou vários trabalhos sociais.

Citamos, ainda, as Damas de Caridade, o Padre Luiz Alves de Siqueira Castro, que criou a Cruzada Eucarística e fortaleceu a catequese na região, e o Padre Vicente Miguel Marino, que fundou o Centro Social Santo Antônio, prédio de 06 andares perto da igreja, e dirigiu a comunidade durante 40 anos, a partir de 03 de maio de 1953.

Com o passar dos anos, a igreja já estava pequena para seu público. Em 20 de julho de 1972, iniciou-se a construção da atual igreja. Em 22 de março de 1980 – ainda inacabada – foi inaugurada por Dom Paulo Evaristo Arns, que maravilhado exclamou: “Cônego Vicente, o senhor não edificou uma igreja e, sim, uma Catedral.”

Nos anos seguintes, foram empossados: Cônego Antonio Hélio Augusto Ferreira; Padre Enivaldo dos Santos Vale; Padre Olivo Caetano Zolin; Bispo auxiliar da Região Sé, Dom Manuel Parrado Carral; Padre Valmir dos Santos Batalha; Diácono Renato Cangianelli. Em 2006, foi empossado Padre Roberto Gonçalves, que teve por missão reestruturar a Paróquia e construir a Capela do Santíssimo Sacramento. Também passou por esta igreja o bispo Dom Tarcísio Scaramussa.

Mais recentemente, foi apresentado à comunidade o novo Pároco, Padre Luiz Cláudio de Almeida Braga que, aos poucos, vem resgatando antigos costumes, como as novenas, a quermesse de rua e as procissões de “Corpus Christi” e de Nossa Senhora Aparecida.